12/01/2016


Nome de Vitor foi citado por dirigente celeste em entrevista ao
programa Meio de Campo, exibido no domingo pela Rede Minas

Vinícius Dias

Em entrevista ao programa Meio de Campo, exibido pela Rede Minas no último domingo, o supervisor de futebol do Cruzeiro, Benecy Queiroz, fez referência a uma tentativa de 'compra' de árbitro no passado. De acordo com o dirigente, o episódio ocorreu quando o time celeste era comandado por Ênio Andrade, tendo Vitor como goleiro.


Na manhã desta terça-feira, em contato com o Blog Toque Di Letra, o ex-goleiro garantiu desconhecer o episódio e apontou uma imprecisão no depoimento de Benecy. "Não tive o prazer de trabalhar com Ênio. Quando ele começou a trabalhar no Cruzeiro, eu já estava no Catar, há três anos, como auxiliar-técnico".

Ex-goleiro revela surpresa

Vitor Braga fez questão de mencionar a decisão do Campeonato Brasileiro de 1974, diante do Vasco. "No tempo de Cruzeiro, convivi com um clube que jamais permitiu isso. Nós fomos imensamente prejudicados em 1974 (pela arbitragem) naquele jogo contra o Vasco, sempre batalhamos contra isso". O ex-arqueiro se mostrou surpreso com as declarações de Benecy. "Até agora não entendi", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário