18/01/2016


Após reestreia com pé direito, técnico do Leão vê elenco motivado
e exalta primeiros contatos: 'Trabalho está sendo muito agradável'

Vinícius Dias

Apenas nove dias após ser apresentado pelo Villa Nova, Wilson Gottardo reestreou à frente do clube com o pé direito. Com dois gols do atacante Soares, o Leão do Bonfim derrotou o Cruzeiro, por 2 a 1, em jogo-treino disputado ontem na Toca da Raposa II. Apesar da impressão positiva no primeiro teste da temporada, o técnico adotou discurso comedido. "Nesse momento, resultado é secundário. O mais importante é o time trabalhar e ajustar a postura de jogo", afirmou ao Blog Toque Di Letra. "Os atletas ainda estão se conhecendo".


A estreia da equipe alvirrubra no Campeonato Mineiro acontecerá daqui a duas semanas, diante do Tombense, no Castor Cifuentes, em Nova Lima. Satisfeito por ter encontrado um grupo motivado, o comandante fez uma avaliação positiva dos primeiros contatos. "Existe um trabalho coletivo de buscar o melhor desempenho para todos, a postura tática, os conceitos básicos, os princípios. O trabalho está sendo muito agradável", observou Wilson Gottardo.

Gottardo durante jogo-treino na Toca II
(Créditos: Washington Alves/Light Press)

Em ação nos bastidores desde o fim de novembro, o Villa Nova ganhou destaque ao anunciar nomes como Roger Guerreiro, meia que defendeu a seleção da Polônia na Eurocopa de 2008; Mancini, que disputou a Série B pelo América no ano passado; e Gabriel Santos, zagueiro com passagens por Palmeiras, Fluminense e Sport. O treinador, contudo, não descarta a possibilidade de receber novos reforços para a sequência da temporada. "Temos grandes jogadores ali (no elenco), mas o grupo ainda não está fechado", assegurou.

Cursos de especialização

O trabalho, iniciado há cerca de uma semana, marca a segunda passagem de Wilson Gottardo pelo clube. A primeira ocorreu durante o estadual de 2011. Nesse intervalo, o ex-jogador cursou gestão técnica do futebol, na Universidade do Futebol, e participou de cursos de treinadores oferecidos pela CBF. "Fiz licença B há três anos. Comecei agora a licença A. Pretendo finalizar até o fim do ano", detalhou. Neste último, em dezembro, ele teve como companheiro o técnico do Cruzeiro, Deivid.

Treinador realizou dois cursos na CBF
(Créditos: Arquivo Pessoal/Wilson Gottardo)

Com passagens por Bonsucesso/RJ, Tupi/MG e São José/SP nas últimas temporadas, o comandante do Villa Nova evitou comparações com outros técnicos ao ser questionado sobre seu perfil de trabalho. "Trabalhei com diversos treinadores, fiz alguns estágios, leituras, mas tenho meu próprio estilo, meu vocabulário, minhas expressões, a minha transparência. Estou aberto ao diálogo". O currículo do técnico inclui, por exemplo, um estágio com Carlo Ancelotti, no Chelsea, em 2010.

Convite aos novalimenses

Curiosamente, nos tempos de Cruzeiro, Gottardo foi um dos algozes do Leão do Bonfim no vice estadual de 1997 - segunda melhor campanha do Villa Nova desde o título conquistado em 1951. Na nova fase, o projeto é unir forças visando ao sucesso do esporte local. Para isso, conta com o apoio dos novalimenses. "Estou aberto a esses contatos em prol do Villa, em prol da cidade", destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário