25/03/2016

Reserva ou titular, Galo é Galo!

Alisson Millo*

Em minha última crônica, há três semanas, fiz uma defesa ao trabalho de Diego Aguirre. Naquela época, embora o Galo fosse líder de seu grupo na Copa Libertadores, o uruguaio vinha sofrendo algumas críticas. Hoje, elas praticamente não existem. Uma das melhores campanhas da competição sul-americana e a disputa da liderança no Mineiro, mesmo utilizando time alternativo, reforçam o bom aproveitamento. Mais do que isso, o 'rodízio' promovido pelo treinador deu ritmo de jogo a jogadores que, no clássico deste domingo, serão peças-chave.


Já que a Federação Mineira fez o favor de marcar o clássico em data Fifa, Cruzeiro e, principalmente, Atlético vão muito desfalcados para o principal confronto da primeira fase do campeonato estadual. Cazares e Erazo, no Equador, além de Douglas Santos e Clayton, no Brasil sub-23, vão fazer muita falta, especialmente devido à série de lesões. Os goleiros Victor e Giovanni, o polivalente Patric, o meia Dátolo e o atacante Carlos também não darão o ar da graça contra o rival.

Uilson terá chance de ouro no clássico
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

No domingo de Páscoa, a oportunidade conquistada por Uilson soa como coisa de Papai Noel. Aos 21 anos, o goleiro terá a grande chance no time profissional, logo em uma partida tão importante. É a oportunidade de o jovem reserva atuar ao lado de grandes nomes, com casa cheia e, quem sabe, sonhar em ameaçar São Victor. Utópico, a princípio, mas esse deve ser o pensamento do arqueiro para fazer um bom trabalho e garantir os pontos, principalmente nos jogos da Libertadores.

Com toda nossa raça...

O Galo vai a campo bastante remendado, com vários desfalques e uma ou outra improvisação. No entanto, não há desculpa. Vestiu o manto preto e branco, tem o dever de mostrar raça, partir para cima e buscar a vitória, especialmente contra o maior rival. Que seja esse, mesmo com atraso, o primeiro presente para os milhares de torcedores do Atlético, que celebra 108 anos nesta sexta-feira. 

*Jornalista. Corneteiro confesso e atleticano desde 1994.
Goleiro titular e atual capitão da seção Fala, Atleticano!

Nenhum comentário:

Postar um comentário