14/07/2016


Com dólar alto, torneio realizado pela Conmebol terá cotas
maiores; na Copa do Brasil, Raposa já garantiu R$ 1,7 milhão

Vinícius Dias

O jogo entre Cruzeiro e Vitória, na próxima quarta-feira, no Mineirão, terá peso decisivo na definição do calendário celeste para este semestre. Após vencer na Bahia, por 2 a 1, a Raposa entrará em campo em vantagem na disputa por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Em caso de eliminação, no entanto, o time mineiro terá o direito de representar o país na próxima edição da Copa Sul-Americana, que tem início previsto para o mês de agosto.


Nos bastidores, um dos principais objetivos traçados pelo Cruzeiro para a atual temporada é assegurar presença na Copa Libertadores de 2017. No Campeonato Brasileiro, o time é o 15º colocado, com 15 pontos somados após 14 rodadas - o Santos, fechando o G4, contabiliza 23 pontos neste momento. O cenário das copas, com isso, se torna ainda mais atraente: tanto a Sul-Americana como a Copa do Brasil garantem ao campeão vaga na edição seguinte da Liberadores.

Raposa bateu o Vitória em Salvador
(Créditos: Edson Ruiz/Light Press)

Apesar dessa semelhança, as competições têm premiações - a Conmebol oficializou em cerimônia na última terça-feira o reajuste nas cifras da Copa Sul-Americana, mantendo pagamento em dólar, aspecto positivo para os brasileiros - e caminhos bastante diferentes.

Detalhes da Copa do Brasil

Ao disputar as três fases iniciais, a Raposa assegurou R$ 1,74 milhão em cotas - caso chegue à decisão e conquiste o penta, vai receber mais R$ 9 milhões. Nas oitavas de final, o torneio reunirá os dez classificados da terceira fase, além do Internacional e das cinco equipes que participaram da Copa Libertadores neste ano. O campeão terá vaga na próxima Libertadores, a partir da fase de grupos.

1ª fase - R$ 480 mil
2ª fase - R$ 600 mil
3ª fase - R$ 660 mil
Oitavas - R$ 840 mil
Quartas - R$ 960 mil
Semifinal - R$ 1,2 milhão
Vice-campeão - R$ 2 milhões
Campeão - R$ 6 milhões

Detalhes da Sul-Americana

Em caso de queda na Copa do Brasil, o Cruzeiro ingressará na segunda fase da Sul-Americana - a partir das oitavas de final, a tabela aponta possibilidade de duelos contra equipes estrangeiras. Em caso de título, o clube mineiro faturaria quase US$ 3,7 milhões em premiação, mais de R$ 12 milhões na cotação de momento.

Em 2004, Inter eliminou o Cruzeiro
(Créditos: Daniel Boucinha/Internacional)

O torneio terá equipes tradicionais, como Flamengo; Atlético Nacional, da Colômbia; Cerro Porteño e Libertad, do Paraguai; Independiente, Lanús e Estudiantes, da Argentina. O campeão entrará na fase preliminar da Copa Libertadores em 2017.

1ª fase - US$ 250 mil/R$ 820 mil
2ª fase - US$ 300 mil/R$ 980 mil
Oitavas - US$ 375 mil/R$ 1,23 milhão
Quartas - US$ 450 mil/R$ 1,47 milhão
Semifinal - US$ 550 mil/R$ 1,8 milhão
Vice-campeão - US$ 1 milhão/R$ 3,27 milhões
Campeão - US$ 2 milhões/R$ 6,55 milhões

3 comentários:

  1. Em termos de Grana a Sul-Americana é melhor,mais o caminho mais fácil para Libertadores é a Copa do Brasil...

    ResponderExcluir
  2. Esqueceu de colocar ai se ganhar a sulamericana ainda disputa a recopa ano que vem....mais uma possibilidade de título e grana certa

    ResponderExcluir