03/10/2016


Lucas segue contestado após 27 jogos pelo Cruzeiro, enquanto
Robinho se firma; Fabiano e Fabrício são reservas no Palmeiras

Vinícius Dias

Em abril, os laterais-direitos Fabiano e Lucas, o lateral-esquerdo Fabrício e o meia Robinho foram envolvidos em troca entre Cruzeiro e Palmeiras. Passados seis meses, os protagonistas da transação convivem com situações bastante diferentes nos elencos. Do quarteto, apenas Robinho tem convencido no novo clube. Livre das lesões, o camisa 19 ganhou uma vaga na equipe titular e se destaca como uma das peças mais regulares do Cruzeiro.


Contabilizando o cruzamento para o gol do volante Henrique, que decretou a vitória diante do Grêmio, no último sábado, o meio-campista chegou a seis assistências no Campeonato Brasileiro. Em 17 rodadas disputadas, Robinho ainda marcou dois gols. Na Copa do Brasil, o jogador soma três gols e uma assistência em três exibições. No geral, a média é de 0,6 participação direta em gol a cada partida pela Raposa.

Lucas e Robinho: do Verdão para a Toca
(Créditos: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Companheiro de clube, Lucas entrou em campo 27 vezes, sete a mais que Robinho, mas está longe de ter o mesmo prestígio junto à torcida celeste. O lateral-direito, que registra uma assistência em 20 jogos na Série A, acabou perdendo a posição para Ezequiel nesta rodada. Na Copa do Brasil, torneio em que atualmente é o único nome à disposição para o setor, Lucas também tem uma assistência em sete partidas.

Em baixa com o técnico Cuca

Emprestados ao Palmeiras na negociação, Fabiano e Fabrício têm sido pouco acionados por Cuca. Entre Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, o lateral-direito fez quatro partidas, sem gols ou assistências. Fora da Copa do Brasil, uma vez que defendeu o Cruzeiro na primeira fase, o lateral-esquerdo soma quatro jogos pelo Brasileirão - o último há quase dois meses -, também sem marcar gols ou dar assistências.

Fabrício defenderá o Palmeiras até 2017
(Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Com empréstimos válidos até o fim deste ano, Fabiano - vinculado ao Cruzeiro até dezembro de 2019 - e Lucas - contrato com o Palmeiras até dezembro de 2017 - voltarão aos clubes de origem na próxima temporada. Fabrício seguirá até o fim de 2017 em São Paulo, mesmo caso de Robinho em Belo Horizonte. Após esse período, o meio-campista cumprirá contrato com o clube paulistano até dezembro de 2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário