17/06/2013

Com vaias, sem surpresas

Marcada por manifestações nas cidades-sede, e com a chefe de Estado Dilma Rousseff e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, vaiados durante o evento de abertura no estádio Mané Garrincha, em Brasília, a Copa das Confederações 2013 começou sem grandes surpresas nos gramados. No grupo A, Itália e Brasil confirmaram o favoritismo, e derrotaram México e Japão, respectivamente. Pelo grupo B, a Espanha venceu o Uruguai, sem dificuldades.

Nesta segunda-feira, 17, na conclusão da 1ª rodada, Belo Horizonte vai receber a primeira de suas três partidas na competição. No Estádio do Mineirão, se enfrentam o Tahiti, atual campeão da Copa das Nações da Oceania, e a Nigéria, que conquistou a Copa das Nações Africanas. Uma oportunidade de, sem grande alarde, testar o aclamado padrão Fifa na capital mineira.

Na medida certa

Reserva de Fred, e substituto do lesionado Leandro Damião, o atleticano Jô precisou de apenas dez minutos em campo para deixar a sua marca. Depois de receber ótimo passe de Oscar, o atacante completou para as redes, confirmando a boa fase, e anotando o terceiro gol brazuca ante o Japão. "Marcar gol na estreia, saindo do banco, é um passo importante", avaliou Jô.

Rumo aos EUA

Após quatro dias de folga, o Cruzeiro retorna aos trabalhos nesta tarde. Na quarta-feira, 24 atletas viajam para inter-temporada nos EUA. Entre eles, o meia-atacante Martinuccio, cujo contrato se encerra no próximo dia 30. Destaque para as ausências dos atacantes Borges e Dagoberto, lesionados. No domingo, 23, a equipe da Toca encara o Fort Lauderdale Strikers, em partida amistosa no Lockhart Stadium, às 19h30. E o canal SporTV transmite.

Olho no Newell's

No Galo, os atletas se apresentam somente no dia 21. Vice-artilheiro do Atlético na temporada, o atacante Diego Tardelli valorizou o período de descanso. No clube, o desejo é de que a equipe volte a desempenhar o seu melhor futebol diante do Newell's, no dia 3 de julho, pelas semis da Libertadores. "É um tempo bom para recuperar, descansar e ir com tudo para tentar a vaga na final, o que seria histórico para a gente e para o Atlético", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário