20/02/2014

Sem surpresas, com goleada

Gilvan Meireles

A Liga dos Campeões voltou. E já nos quatro primeiros jogos, três dos confrontos mais esperados da fase de oitavas de final. O embate entre Manchester City e Barcelona prometia ser o mais equilibrado da rodada. O time de Manchester, dono do melhor ataque da Inglaterra, demonstrava bom futebol e parecia capaz de surpreender o time catalão. Na prática, o clubes adotou proposta pouco ameaçadora e muito recuada, deixando os visitantes darem as cartas.

O Barça agradeceu. Teve maior posse de bola, como gosta. Atacou com mais perigo, e jogou grande parte do segundo tempo com um homem a mais. Um prato cheio para Lionel Messi e companhia. De pênalti, o gênio argentino fez 1 a 0, aos nove minutos da etapa final. Ao fim da noite, com o City cansado e já desacreditado, Daniel Alves, após jogada com Neymar, carimbou mais um, colocando sua equipe mais próxima da vaga para as quartas de final.

Em Manchester, Barça bateu o City
(Créditos: Miguel Ruiz/FCB/Divulgação)

O segundo embate mais aguardado também aconteceu na Inglaterra. O Arsenal recebeu o Bayern de Munique, atual campeão. Antes da partida, falava-se da boa temporada do Arsenal, que segue na disputa do título inglês desta temporada. Mas foi realmente pouco perante a força alemã. Ainda mais após o pênalti perdido por Mesut Ozil e a expulsão do goleiro Szczensy. Tony Kroos e Thomas Muller fizeram 2 a 0 para o time alemão, que, assim como o Barcelona, praticamente confirmou a passagem para a próxima fase do torneio.

Atlético vence o Milan

Dos outros embates, o que previa maior equilíbrio era Milan x Atlético de Madrid. Mesmo em casa, e com Kaká e Balotelli, o clube italiano não teve forças para abrir o marcador. O rubro negro não contava com jogadores importantes como El Shaarawy e Honda, e não conseguiu fazer frente ao Atlético, que vive excelente fase. Diego Costa, o homem-gol do clube de Madrid, marcou, garantindo o placar de 1 a 0. O Atlético encaminha bem, mas o Milan segue com chances.

Em Milão, o Atlético levou a melhor
(Créditos: Ángel Gutiérrez/Atlético de Madrid)

Após comentar os três jogos mais equilibrados da semana, agora falo do, acredito, duelo mais desigual das oitavas. O PSG, de Ibrahimovic e Lucas, era favoritíssimo diante do Bayer Leverkusen, embora a partida fosse na Alemanha. Não podíamos cravar que seria tão fácil. 4 a 0, isso mesmo. E com dois de Ibra, o artilheiro da Liga dos Campeões - que já marcou dez gols até o momento.

Próximos confrontos

Na próxima semana, outros quatro duelos fecham a rodada de ida das oitavas de final. Na terça-feira tem sessão dupla, com Zenit x Borussia Dortmund e Olympiacos x Manchester United. Na quarta, Galatasaray x Chelsea, no reencontro de Drogba com o ex-time, e, para fechar, Schalke 04 x Real Madrid.

Nenhum comentário:

Postar um comentário