12/02/2015

Jô na mira do Grêmio...

Vinícius Dias

Prestes a perder o ex-cruzeirense Marcelo Moreno para o futebol chinês, o Grêmio pode investir no atleticano Jô para substituí-lo. Artilheiro da Copa Libertadores em 2013, o atacante conta com a simpatia do treinador Luiz Felipe Scolari. Atualmente na reserva, Jô chegou a ser afastado do elenco alvinegro em novembro passado, quatro meses após ter disputado a Copa do Mundo sob o comando de Felipão.

Jô viveu ótima fase no clube em 2013
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Nos últimos meses, a diretoria do Atlético recebeu várias sondagens pelo centroavante. Em dezembro, por intermédio do empresário Roberto Assis, Jô chegou a negociar com o futebol mexicano. Segundo o Blog Toque Di Letra apurou, o alvinegro sinalizou uma pedida superior a US$ 3 milhões para liberá-lo em definitivo. O valor é considerado alto pela cúpula do clube gaúcho, que, a princípio, tenta um empréstimo.

Histórico no Atlético

Jô chegou ao Atlético em maio de 2012. O clube pagou € 2,5 milhões - à época, cerca de R$ 6,3 milhões - ao Internacional para trazê-lo. Em 118 partidas com a camisa alvinegra, o atacante anotou 37 gols, sendo peça fundamental nas conquistas do Campeonato Mineiro e da Libertadores em 2013. Vinculado ao clube até maio de 2016, Jô voltou a campo no último domingo, após três meses sem atuar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário