12/08/2015


Com contrato até abril de 2016, goleiro interessa a clubes da
América do Norte; empresário desmente oferta do Palmeiras

Vinícius Dias

Atleta que mais vezes vestiu a camisa estrelada, com 644 jogos, o goleiro Fábio poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir de 03 de outubro. Pelo menos dois clubes da América do Norte já manifestaram interesse. Mas a intenção do capitão é continuar na Toca II nas próximas temporadas. "O Fábio não pensa em sair (do Cruzeiro)", diz o empresário do camisa 1, João Sérgio, ao Blog Toque Di Letra.


Ele é o responsável por conduzir, ao lado da cúpula celeste, as tratativas visando à renovação do atual contrato, que se encerra em abril de 2016. "Estamos tratando. Fábio tem todo o interesse em permanecer. Se Deus quiser, (vamos renovar)", destaca. O agente projeta um vínculo por mais quatro anos, enquanto a diretoria do Cruzeiro fala em mais dois anos e meio ou três. Detalhe que não deve impedir o acerto. "Isso aí, a gente vai ajustar", minimiza.

Fábio negocia renovação com a Raposa
(Créditos: Juliana Flister/Light Press)

Enquanto as negociações com o Cruzeiro não são finalizadas, equipes de vários países têm se apresentado como candidatas a ter o camisa 1. "De fora (do país), muita gente ligou. Clubes do México, dos Estados Unidos, muita gente quer saber", diz. Questionado sobre uma possível oferta do Palmeiras, João Sérgio nega. "Não estou sabendo. Do Brasil, eu conversei apenas com o Cruzeiro", assegura ao Blog.

'Dinheiro não é prioridade', diz

Na avaliação do empresário, mais do que o poderio financeiro das equipes do exterior, pesa a história construída em Minas. "Ele pensa na alegria de jogar, no clube, na família. Dinheiro não é primeira mão. Tem muita coisa que contabiliza aqui no Cruzeiro", afirma, antes de pontuar. "Agora, ele é um atleta que tem de estar sempre bem remunerado. É o maior ídolo do clube, maior número de jogos. Tem o direito de pensar em uma coisa boa para ele, para a família".

Nenhum comentário:

Postar um comentário