19/08/2015


Juan Carlos Restrepo tem encaminhado promessas do futebol
da Colômbia para períodos de observação na Toca da Raposa I

Vinícius Dias

Depois de contratar o atacante uruguaio Gonzalo Latorre, de 19 anos, a diretoria do Cruzeiro continua monitorando o mercado sul-americano em busca de reforços para o time sub-20. E quando o assunto é o futebol colombiano, o clube estrelado conta com um aliado de peso: Juan Carlos Restrepo, padrasto e um dos maiores incentivadores do futebol de James Rodríguez, meia do Real Madrid. Atualmente, o empresário investido em talentos do mercado local.


"Ele tem enviado alguns jogadores que considera destaques na Colômbia para serem observados no Cruzeiro", afirmou ao Blog Toque Di Letra o superintendente das categorias de base da Raposa, Bruno Vicintin. Até o momento, no entanto, nenhum indicado foi contratado. "Alguns (atletas) vieram para o Brasil e já retornaram. E tem outro que está vindo agora", acrescentou Vicintin.

Juan Restrepo, à esquerda, na Toca I
(Créditos: Arquivo Pessoal/Bruno Vicintin)

Os primeiros contatos entre o dirigente celeste e o empresário ocorreram por intermédio de Luiz Rocha, representante do volante Lucas Silva, ex- Cruzeiro, que atualmente é companheiro do enteado de Restrepo no time merengue. "O Luiz me procurou dizendo que o 'pai' do James Rodríguez estava investindo em jogadores e queria que o Cruzeiro observasse. Falei que as portas estavam abertas", revelou.

Detalhes da parceria

O superintendente destacou que não há nenhum vínculo formal entre as partes. "Não tem nada oficial. Assim como vários empresários brasileiros indicam jogadores, agora há um colombiano que tem interesse em colocar jogadores no Cruzeiro, pela força da marca, e a gente está observando", disse Bruno. A legislação vigente permite transferências internacionais de atletas a partir de 18 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário