29/03/2016


Depois de quase se aposentar na última temporada, goleiro fez
bons jogos pelo Lajeadense e, agora, encara desafio no Atlético

Vinícius Dias

De quase aposentado a novo reforço alvinegro. Em menos de um ano, a trajetória do goleiro Lauro teve uma reviravolta. Depois de se despedir do Lajeadense no domingo, diante do Grêmio, em duelo pela 11ª rodada do Gaúcho, o arqueiro, de 35 anos, chega ao Atlético com a dura missão de suprir a lacuna deixada pelas lesões de Victor e Giovanni. Para destacar a atual condição do jogador, o Blog Toque Di Letra ouviu dois jornalistas gaúchos que acompanharam seus últimos jogos.


"Ele começou muito irregular no Gauchão, com algumas falhas, mas foi muito bem contra a dupla Grenal e nos últimos jogos", ponderou Gabriel Corrêa, da Rádio Grenal. "Ainda tem experiência e pode ajudar bastante", acrescentou. Com nove pontos em 11 rodadas, a equipe de Lajeado, na Região Central do Rio Grande do Sul, luta contra o rebaixamento. Titular absoluto, Lauro sofreu 15 gols.

Goleiro defendeu a Portuguesa em 2013
(Créditos: Guilherme Testa/Trato Assessoria)

Luciano Silveira, editor do El Enganche, no site do Fox Sports, eximiu o goleiro de culpa. "Não passa por ele o mau momento do Lajeadense". O jornalista também relembrou o fato de Lauro ter praticamente 'pendurado as chuteiras' após ficar sem clube no segundo semestre de 2015. "Apesar de ter anunciado a aposentadoria, ele ajudou como pôde o time que está perto de ser rebaixado", disse.

Boa condição física

Apesar do longo período de inatividade na última temporada, a condição física do goleiro, que será inscrito pelo Atlético para a sequência da Copa Libertadores, não preocupa. "Experiente e em boa forma, Lauro considera uma ótima oportunidade atuar pelo Galo (nesses próximos três meses)", pontuou Luciano Silveira.

Lauro em ação pelo Cruzeiro em 2006
(Créditos: Site Oficial do Cruzeiro/Reprodução)

Essa será a segunda passagem do arqueiro pelo futebol de Minas Gerais. Entre 2006 e 2007, ele defendeu o rival Cruzeiro. No período, conquistou um título estadual e foi a campo em dez jogos. No Campeonato Mineiro de 2007, chegou a atuar diante do Atlético e levou a melhor: triunfo celeste, por 2 a 0, no Mineirão.

Um comentário:

  1. Para quem praticamente estava aposentado no ano passado, dai acerta com time do interior do RS por R$10.000.00 por mês e fecha um contrato de 3 meses com o galo com salário de R$25.000.00 por mês, esta até bem demais! Um UP pra acelerar a aposentadoria!

    ResponderExcluir