02/01/2017


Venda dos direitos de transmissão do torneio renderá R$ 36 milhões
nesta temporada; contrato garante aumento a cada edição até 2021

Vinícius Dias

Com cifras recordes, o novo contrato de TV do Campeonato Mineiro foi definido nos últimos dias de dezembro, conforme o Blog Toque Di Letra havia antecipado. O acordo tem validade por cinco temporadas - 2017 a 2021, com reajuste automático a cada ano. Embora a pedida inicial não tenha sido atingida, o discurso nos bastidores é positivo. "Maior valor da história do estadual", destaca um interlocutor.


A primeira oferta apresentada pela emissora girava em torno dos R$ 34 milhões. A expectativa dos clubes participantes era de que a cessão dos direitos de transmissão fosse acertada por 40 milhões anuais - o contrato anterior tinha base de R$ 23 milhões. A renovação foi fechada por R$ 36 milhões na primeira temporada.

TV pagará R$ 36 milhões por estadual
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Em 2017, Atlético e Cruzeiro receberão quase R$ 12 milhões cada. Atual campeão, o América vai embolsar R$ 2,8 milhões, enquanto cada um dos nove representantes do interior ficará com R$ 850 mil. A organizadora da competição também terá direito a um percentual. A primeira parcela será paga pela emissora aos clubes antes da rodada de abertura do estadual, agendada para o dia 29 de janeiro.

Publicidade alavanca receitas

As receitas com o Campeonato Mineiro serão alavancadas pelas placas de publicidade dos jogos. A exemplo do contrato anterior, que vigorou entre 2012 e 2016, ficará a cargo dos clubes a comercialização dos espaços nas próximas cinco edições.

15 comentários:

  1. Sou de Brasília e não entendo uma coisa: se a torcida do Cruzeiro é muito maior que a do Atlético Mineiro, inclusive aqui no DF é comum se ver cruzeirenses, já atleticanos, raridade, por que ambos os times recebem cotas iguais? Seria o mesmo que o Vascaiu receber igual ao Mengão, no Rio. E olha que a disparidade em grandeza aí em Minas é bem maior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque o Atletico é o maior de minas.

      Excluir
    2. Estive em Brasília e não vi uma pessoa com a camisa do Cruzeiro, só do Galo ! Estive em Portugal, a mesma coisa ... Em Berlin, idem ...

      Excluir
    3. Maldini bsb02 janeiro, 2017

      Sou de Brasilia também "Puzzle Andy" e realmente a torcida do Cruzeiro aqui é bem grande (depois de flamengo e vasco do Rio e os 3 times de SP, sem o santos). Estamos entre as maiores da cidade. Agora atleticano eu praticamente nunca vi, é fato raro. Cruzeiro deveria reivindicar uma cota de tv maior mesmo

      Excluir
  2. ainda e pouco pros times do interior...

    ResponderExcluir
  3. Sou Cruzeiro! Mas é uma vergonha o que Cruzeiro e atrético fazem com os times do interior, depois reclama que o campeonato e fraco e que os times de Rio e SP recebem mais de cota de TV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre bom ler um comentário com QI, normalmente, são só besteiras. Por sinal, deixo meu registro ao Cruzeirense, de agradecimento pela participação e integração do SADA CRUZEIRO, junto ao JF Voley. Menos bobagens, enjoativas e cansativas, sobre BH e JF.

      Excluir
    2. Parabéns pelo seu comentário Ronaldo, Torço pra Caldense e agente aqui de Poços sabe o quanto os times do interior são prejudicados diante os da capital em MG. Agt sofreu na final contra o galo em varginha em 2015

      Excluir
  4. Lamentável ,o que é passado para os times do interior

    ResponderExcluir
  5. Essa divisão de cotas é uma grande injustiça e uma ofensa aos clubes do interior. A diferença entre as cotas dos maiores para os menores é de 14 vezes. Não tem como não dar a dupla da capital. Se der outra coisa é zebra ou descuido.

    ResponderExcluir
  6. Para o campeonato seja forte , as verbas tem que ser fortes , depois reclamam dos fracassos no campeonato brasileiro.

    ResponderExcluir
  7. Se a diferença para o América já é um absurdo, para os times do interior realmente uma vergonha. Não deveriam aceitar, simples assim, que façam uma liga do interior

    ResponderExcluir
  8. ESSAS DIFERENÇAS E CULPA DOS 9 CLUBES DO INTERIOR. SE JUNTACEM E BATECEM O PE PEDINDO COTAS MAIS JUSTAS PRA FAZEREM TIMES MELHORES E DISPUTAREM SERIES NACIONAIS SE DESENVOLVERIAM. TEM DE DECIDIR ISSO E NO ARBITRAL. TEM DE FAZER COMO O MALUFE FAZIA QUANDO ESTEVE DE PRESIDENTE DO VALERIO DOCE DE ITABIRA. VENCIA OS GRANDES DA CAPITAL NA MAIORIA DO ARBITRAL ATE QUE O CRUZEIRO O TIROU DO VALERIO DOCE E LEVOU PRA BH. CONTRATE-O COMO ASSESSORIA E NEGOCIADOR PRA VCS AI VCS COLOCAM PRESSAO NA FMF E GLOBO AI TERAO COTAS E TIMES FORTES.

    ResponderExcluir