28/01/2017


Com quase 12 mil seguidores, clube do Vale do Mucuri utiliza rede
social como atalho para destaque na mídia: 'Receita é bom humor'

Vinícius Dias

Mesmo fora do módulo I do Campeonato Mineiro desde 2013, o América de Teófilo Otoni teve presença constante nas páginas dos principais jornais do país nos últimos anos. A curiosa equação tem relação direta com o Twitter. "A receita é bom humor e simpatia", revela o supervisor de futebol Victor Morici, que administra o perfil desde 2012. Anteriormente, a tarefa cabia a Fábio Monteiro, ex-assessor de imprensa do clube.


Com mais de 11,9 mil seguidores, o clube do Vale do Mucuri é o campeão mineiro do interior no Twitter - a Caldense, segunda colocada e também ativa desde 2010, contabiliza cerca de 4,2 mil seguidores. "O retorno é a divulgação do América (de Teófilo Otoni) na mídia nacional e, até mesmo, internacional", pondera Victor Morici ao Blog Toque Di Letra. No aspecto financeiro, segundo ele, não há ganhos.

Pré-temporada do time de Teófilo Otoni
(Créditos: Assessoria de Comunicação AFC-TO)

A lista de publicações de maior repercussão inclui alfinetadas em grandes equipes e anúncios fictícios de interesse em astros internacionais, além de pistas de negociações reais do clube - a imagem de um carro da britânica McLaren, postada em novembro, expressava a negociação com o treinador Paulinho McLaren. "Futebol anda muito sério. O objetivo é também brincar com a paixão do torcedor", diz o supervisor.

Rumo à Série D do Brasileiro

Hit nas redes sociais, o América de Teófilo Otoni tem metas mais modestas em campo. "O primeiro objetivo é permanecer na elite. Depois, se tudo der certo, conseguir uma vaga na Série D do Brasileiro de 2018", revela Morici. Comandada por Marcelo Buarque, ex-treinador da seleção sub-15, a equipe anunciou nesta semana o atacante Somália, de 39 anos, que pode estrear neste sábado, diante do Atlético, no Horto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário