02/10/2014


Do nome ao número, José Róbson Batista, de 30 anos, aposta
na associação ao ídolo Ronaldinho para ser eleito no domingo

Vinícius Dias

Enquanto Ronaldinho Gaúcho exibe seu talento longe de Minas Gerais, a serviço do Querétaro, do México, José Róbson Batista de Oliveira tem se aproveitado da semelhança com o ex-camisa 10 do Atlético para chamar a atenção dos torcedores atleticanos. Touca preta e roupas largas, quase sempre nas cores do clube, compõem o visual do sósia, candidato a uma das 53 vagas mineiras na Câmara Federal. Nas urnas, ele é o Ronaldinho Cover, do PT do B.


A associação a Ronaldinho Gaúcho não fica restrita à semelhança física. O número de Oliveira, por exemplo, é resultado de uma composição entre o código do partido e o número 49, que foi usado pelo meia no Atlético. "O sósia do Ronaldinho foi recebido aqui (em Minas Gerais) da mesma forma que o Ronaldinho", diz o alagoano, que seguirá no estado mesmo após a saída do ídolo.

'Ronaldinho Cover' em ato de campanha
(Créditos: Róbson Oliveira/Arquivo Pessoal)

Em junho, o sósia, de 30 anos, ganhou destaque após invadir o gramado do estádio Independência durante uma atividade da seleção argentina. Na ocasião, José Róbson chegou a tocar as mãos do craque argentino Lionel Messi. Segundo ele, o ato não teve qualquer relação com suas aspirações políticas. "Tinham pessoas ali, próximas a mim, que sugeriram que eu não fizesse, inclusive", pontua.

Próximo ao torcedor

A região do estádio no qual o clube mineiro manda seus jogos foi um dos principais cenários explorados por Róbson e sua equipe durante os quase dois meses de atividades de campanha. No Horto, ele distribuiu sorrisos e abraços aos fãs de Ronaldinho e cultivou a esperança de conquistar uma vaga de deputado federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário