04/05/2016


Desde 1978, clube disputou nove duelos contra hermanos pelo
torneio; histórico indica quatro vitórias por país e um empate

Vinícius Dias

Em meio à oitava participação na Copa Libertadores, o Atlético entra em campo nesta quarta-feira, ante o Racing, para sua 10ª partida contra um clube argentino na competição. Com quatro vitórias para cada lado e um empate nos embates anteriores, o retrospecto aponta equilíbrio. Em Belo Horizonte, palco do capítulo da noite, no entanto, a equipe alvinegra está em vantagem diante dos hermanos.


Os quatro primeiros confrontos aconteceram no torneio de 1978. Depois liderar seu grupo na primeira fase, o Galo teve Boca Juniors e River Plate como oponentes no triangular das semifinais. Futura campeã, a equipe xeneize levou a melhor no Mineirão, por 2 a 1, e em La Bombonera fez 3 a 1. Nos embates com os millonarios, derrota alvinegra no Monumental de Nuñez, por 1 a 0, e vitória pelo mesmo placar no Mineirão.

Retrospecto recente é favorável ao alvinegro
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG/Montagem)

Após um hiato de 35 anos, o Atlético voltou a encarar times hermanos na edição de 2013. Contra o Arsenal de Sarandí, vitórias por 5 a 2 no Julio Grondona e na Arena Independência. Na fase semifinal, diante do Newell's Old Boys, derrota por 2 a 0 no Coloso del Parque, resultado devolvido em BH, com direito a vaga nos pênaltis. No duelo mais recente, quarta-feira passada, 0 a 0 com o Racing no El Cilindro.

Histórico na Copa Libertadores:

24/09/1978 - Atlético 1x2 Boca Juniors
28/09/1978 - River Plate 1x0 Atlético
05/10/1978 - Boca Juniors 3x1 Atlético
08/10/1978 - Atlético 1x0 River Plate
26/02/2013 - Arsenal de Sarandí 2x5 Atlético
03/04/2013 - Atlético 5x2 Arsenal de Sarandí
03/07/2013 - Newell's Old Boys 2x0 Atlético
10/07/2013 - Atlético 2x0 Newell's Old Boys
27/04/2016 - Racing 0x0 Atlético

Nenhum comentário:

Postar um comentário