02/08/2016


Segunda edição da Copa terá entre 15 e 16 clubes; fundadores
estão confirmados e Rio Grande do Sul pode ganhar nova vaga

Vinícius Dias

Dirigentes dos clubes filiados à Primeira Liga se reuniram nessa segunda-feira, em São Paulo, visando avançar o planejamento para o próximo ano. Embora fora do calendário da CBF, a segunda edição da Copa da Primeira Liga está alinhavada. Há dois formatos esboçados para a competição, que reunirá entre 15 e 16 clubes, disputando de quatro a sete jogos cada. Os últimos detalhes serão definidos em conjunto com a TV após a venda dos direitos de transmissão do torneio.


Caso a opção seja pelo formato com 15 equipes, a Copa terá três grupos de cinco, com líderes, vice-líderes e os dois melhores terceiros indo à fase final. No cenário com 16 clubes, o torneio teria quatro chaves de quatro - na primeira fase, os confrontos seriam com times de outra chave -, com líderes e vice-líderes avançando à fase final. Em ambas as configurações, quartas de final, semifinal e final seriam disputadas em jogo único, tendo como mandante a equipe de melhor campanha.

Primeira Liga teve reunião ontem
(Créditos: Primeira Liga/Divulgação)

Cientes da possibilidade de se abrir a 16ª vaga, equipes da Série B, como Goiás e Atlético/GO, sinalizaram interesse. A entrada do Botafogo esteve em pauta, mas perdeu força ante a dificuldade de diálogo entre a Primeira Liga e a Ferj. "Os fundadores estão confirmados. Se for o caso (de mais um clube), o Rio Grande do Sul terá uma terceira vaga. Brasil de Pelotas, Juventude e Caxias formalizaram pedidos, por exemplo", revelou ao Blog Toque Di Letra um interlocutor do grupo.

Definições até setembro

A expectativa nos bastidores da Primeira Liga é de que até setembro seja batido o martelo quanto ao formato e definidos os grupos e uma primeira versão da tabela do torneio. Antes, o foco está na venda dos direitos de transmissão. "O sorteio será feito tão logo a gente fechar (com a TV). Em duas, três semanas, já podemos ter alguma situação encaminhada", disse uma fonte. Rede Globo, Esporte Interativo e ESPN sinalizaram interesse. Deve haver, ainda, uma conversa com a Fox Sports.

Um comentário: