06/08/2016


Gigante é o primeiro estádio da região a sediar partidas das
três principais competições intercontinentais entre seleções

Da Redação

Palco de Estados Unidos 2x0 Nova Zelândia e França 4x0 Colômbia, jogos do torneio feminino de futebol das Olimpíadas, na quarta-feira passada, o Mineirão se tornou o primeiro estádio da América do Sul a receber duelos válidos pelas três principais competições intercontinentais entre seleções. Em 2013, o Gigante da Pampulha já havia sediado três partidas da Copa das Confederações e, um ano depois, seis da Copa do Mundo.

LEIA MAIS: Ícones e legado do atletismo em Juiz de Fora

Com a presença dos 10.059 torcedores durante a quarta-feira, o Mineirão chegou ao público pagante total de 4.001.907 torcedores nos 139 jogos realizados desde a reinauguração, no início de 2013. "Foi um dia histórico, com a realização dessa inédita rodada dupla de um torneio tão importante do futebol feminino", destacou o diretor Samuel Lloyd.

Estádio registra alta média de público
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Conforme levantamento feito pela assessoria de imprensa, o estádio teve suas melhores médias de público da história - a estatística por meio dos borderôs teve início em 2003 - nas últimas três temporadas. Em 2013, o Mineirão recebeu 32.427 torcedores por embate. Em 2014, foram 33.245 por partida. No ano passado, a média registrada foi de 27.539 torcedores por jogo disputado.

Maiores públicos desde 2013:

(Créditos: Minas Arena/Divulgação)

Um comentário:

  1. Parabéns à torcida do Cruzeiro, que soube fazer do Gigante da Pampulha seu maior palco. A "Maior de Minas" é, sem dúvidas, uma das maiores do Brasil!

    ResponderExcluir