08/08/2016


13 anos após trabalho em BH, com bordão "vai, garoto, coloca
teu nome na tela da Globo", locutor carioca cobre Olimpíadas

Vinícius Dias

Principal voz das jornadas esportivas da Globo Minas entre 1997 e 2003, Lincoln Gomide está de volta à televisão. O locutor, que lançou o bordão "vai, garoto, coloca teu nome na tela da Globo" na época em que narrava jogos dos times de BH, estreou nesse sábado no SporTV7. Gomide será responsável por transmissões de polo aquático, saltos ornamentais, nado sincronizado e maratona aquática. "Vou mergulhar fundo nas Olimpíadas", comenta ao Blog Toque Di Letra.


"Será um desafio. Há dias em que narrarei até três eventos, além de ficar em stand by para outros canais. No sábado, mesmo, fiz um flash para o SporTV2 da medalha de prata do Felipe Wu", afirma. Gomide, que cita as narrações dos jogos de futebol de botão de amigos, aos oito anos, como primeira escola, passou antes das Olimpíadas por uma fase de aclimatação de duas semanas. "Espero conquistar minha medalha de ouro ao fim dos Jogos e ser efetivado", completa.

Gomide em Sporting Cristal x Cruzeiro
(Créditos: Arquivo Pessoal/Lincoln Gomide)

Nem mesmo os 13 anos de distância ou o envolvimento na cobertura dos Jogos Olímpicos na cidade natal minimizam as lembranças dos tempos em que trabalhou em Minas Gerais. "Foi um período maravilhoso, inesquecível. Fiz grandes amizades que cultivo até hoje", pontua o locutor, destacando também o carinho que recebeu do público no dia a dia. "Como eu tirava o sotaque carioca, ninguém sabia que eu era do Rio (de Janeiro). Creio que isso também ajudou", avalia.

Boas lembranças de 1997

Questionado sobre a partida mais especial que narrou naquele período, a resposta é rápida: a ida entre Sporting Cristal e Cruzeiro, pela decisão da Libertadores de 1997, no Peru. "Tinha acabado de ser contratado. Estava no final do jogo quando fui avisado que o jogo da rede acabaria antes e o Galvão iria me chamar para conduzir os minutos finais para todo o Brasil", conta Gomide. "Foi emocionante falar pela primeira vez para o país inteiro logo na estreia, e ainda fui elogiado pelo Galvão".

6 comentários:

  1. Narradores como o Gomide que levam a emoção ao público e não podem ficar de fora do meio esportivo. Sinto falta das narrações dele , principalmente nos jogos do Cruzeiro.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom esse locutor. Seria ele parente do saudoso jornalista Jaime Gomide?

    ResponderExcluir
  3. Dadá Maravilha o apelidou de "Narrador Galã"!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Lincoln! Sua narração é incrível ! Sua voz inconfundível! :)

    ResponderExcluir
  5. Lembro dele e o Fernando Rocha bebendo cerveja com umas 6 mulheres na mesa no Bar mercado do Cruzeiro !!!
    Os 2 trabalhavam juntos na Globo com o Fernando de repórter !!!

    ResponderExcluir