19/11/2016


Dirigido por romeno que levou legião brasileira à Ucrânia, clube
russo tentou contratar o atacante Carlos, do Atlético, neste ano

Vinícius Dias*

Entre os quase 15 mil presentes à Arena Independência na última quinta-feira estavam dois emissários do Zenit, da Rússia. Ambos - um deles, de origem italiana, tem atuação no processo de mapeamento do mercado, enquanto o segundo esteve ao lado do clube em investidas recentes por jogadores sul-americanos - assistiram à partida entre Atlético e Palmeiras, que terminou empatada em 1 a 1.

Confronto entre Atlético e Palmeiras
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

A presença foi discreta e, segundo o Blog Toque Di Letra apurou, sequer houve contato com a administração do Horto para reserva de camarote em nome do clube, por exemplo. O principal alvo no confronto, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, seria o meia-atacante Roger Guedes, do Palmeiras. A janela russa reabre no fim de janeiro.

Tentativa por atleticano

Em agosto, o Zenit tentou contratar Carlos, do Atlético. Curiosamente, no entanto, o atacante está lesionado e não foi a campo ante o Palmeiras. A equipe russa é treinada atualmente pelo romeno Mircea Lucescu, que ao longo da passagem pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, ficou conhecido por indicar vários jogadores brasileiros ao clube.

Viagem a Santa Catarina

Nesse sábado, os emissários assistiram ao jogo entre Criciúma e Vasco em um camarote do Heriberto Hülse, estádio do ex-clube e dono de parte dos direitos de Roger. Citando o respeito ao Palmeiras, o presidente do Tigre catarinense garante não ter havido conversa sobre o tema, mas destaca a relevância de uma possível transação. "Para o Criciúma, seria muito bom. Tenho ele como poupança", diz Jaime Dal Farra.

*Atualizada em 20/11, às 17h42

Um comentário: