31/10/2013


Nas capas de setembro e novembro, revista dá destaque a
personagens do 2013 'mágico' para o futebol belorizontino

Vinícius Dias

Campeão estadual e da Copa Libertadores, o Atlético ainda sonha com o Mundial, no mês de dezembro, para completar a trinca em dois-mil-e-Galo. No lado azul da cidade, dez anos depois do inesquecível 2003, o Cruzeiro planeja confirmar a conquista do tri brasileiro em novembro. Sucesso nos gramados, a dupla de BH ainda tem sido destaque nas capas da Revista Placar, da Editora Abril.


Em novembro, o trio Dedé, Willian e Nilton, do Cruzeiro, ilustra a capa da publicação, que promete trazer os segredos do sucesso do time celeste, que superou o mau momento para se aproximar da conquista nacional. A revista ainda traz uma entrevista exclusiva com o meia Alex, do Coritiba, ídolo da Raposa.

Dedé, Nilton e Willian: trio azul
(Créditos: Divulgação/Revista Placar)

Dois meses antes, motivada pelo inédito título do Galo na Libertadores, a edição de setembro trouxe o goleiro Victor como personagem de capa. A proposta da revista era lembrar os milagres e o processo de 'canonização' do camisa 1. Foram, ao todo, cinco páginas dedicadas ao mais novo herói da massa alvinegra.

Produção caseira...

Os trabalhos são fruto de uma dobradinha mineira. As fotografias são de Eugênio Sávio, professor da PUC Minas. Breiller Pires é responsável pelas matérias. "Em 2012, o Atlético, pela boa campanha no Brasileiro, já havia ganhado destaque na revista", observa Breiller. Foram quatro capas, ao longo do ano. Agora, o sucesso é dividido com o Cruzeiro. "Naturalmente, isso gera um apelo maior na hora de escolhermos os personagens de capa regional", acrescenta.

Victor: um heroi das Américas
(Créditos: Divulgação/Revista Placar)

Outro fato apontado por Breiller Pires é a presença de atletas de sucesso internacional em Minas Gerais. "Casos de Ronaldinho Gaúcho (Atlético) e Júlio Baptista (Cruzeiro)", elenca. O bom momento se reflete também na Bola de Prata. No último ano, além de R10, Bola de Ouro, outros quatro alvinegros foram coroados. "Agora, pelo menos seis cruzeirenses brigam pelo prêmio", destaca.

Leitores aprovam...

A iniciativa teve a aprovação dos leitores. "Estava demorando eles darem um foco maior para o Cruzeiro, que faz um excelente campeonato", fala Priscila Ribeiro, que é assinante da revista. "Agora é esperar a edição do Brasileiro", pontua. Opinião que é compartilhada pelo atleticano Frederico Paco. "O foco dado pela revista, em suas capas, aos clubes mineiros foi proporcional e justo", fala.

Ainda mais sucesso

Pelo menos até dezembro, Breiller garante um olhar atento. "Com o Atlético às vésperas de disputar o Mundial e o Cruzeiro a poucos passos do título brasileiro, os grandes de Minas vão continuar em evidência na revista até o fim do ano", conclui.

Um comentário: