20/01/2014


Atletas exaltam motivação em busca de ano perfeito, e técnico
afirma que a concorrência está aberta; estreia será no domingo

Vinícius Dias

Na semana de sua estreia no Campeonato Mineiro, o Cruzeiro fará, nesta segunda-feira, o último teste nesta pré-temporada. Às 16h, o tricampeão brasileiro encara o Atlético/PR, em jogo-treino, na Toca da Raposa II. No último sábado, também no CT, o time celeste derrotou o Minas, de Sete Lagoas, por 3 a 1. Após 15 dias de preparação, o clima no elenco é de confiança no trabalho realizado.

Artilheiro da equipe em 2013, com 19 gols, o atacante Borges projeta um ano ainda mais especial que o último. "Até porque a gente já se conhece. Faz praticamente um ano que essa equipe está junta", afirmou. O camisa 9 também exaltou a manutenção da base campeã. "Chegaram alguns jogadores, mas a base prevaleceu, o que ajuda bastante. Temos um time muito forte, para fazer a nova temporada ser ainda melhor", argumentou Borges na última semana.

Cruzeiro 'estreou' com o pé direito
(Créditos: Washington Alves/Textual)

Apontada pela diretoria como trunfo para a temporada, a manutenção do elenco também tem ganhado força no discurso dos atletas. Campeão da Libertadores pelo Santos, em 2011, o zagueiro Bruno Rodrigo sonha em repetir o feito no Cruzeiro. "Na Libertadores, as equipes buscam o título a todo custo", observou. "O Cruzeiro tem um grupo experiente e campeão brasileiro", acrescentou.

Disputa em aberto...

Com a concorrência acirrada, o técnico Marcelo Oliveira já deu o recado: a disputa está em aberto. "Qualquer jogador que está no elenco pode ser titular. O que vai indicar isso serão os treinamentos e, principalmente, os jogos. Vamos utilizá-los na hora certa", pontuou. A princípio, a condição física deve indicar os preferidos do treinador. "Naturalmente, a gente vai avaliar jogadores que tenham condicionamento melhor, para, nesse inicio, rodar um ou outro jogador", concluiu.

Borges projeta temporada perfeita
(Créditos: Washington Alves/Textual)

No elenco, há quem se apega ao lema ano novo, vida nova. É o caso do meia Martinuccio, que disputou apenas nove partidas em 2013, e até do recém-chegado Marcelo Moreno. Na volta a BH, ele espera reencontrar o bom futebol. "Tenho que fazer o que fiz em 2007 e 2008. Marcar muitos gols, trabalhar sério", comentou.

Ano novo, vida velha

Há, no entanto, quem deseje dar continuidade ao bom futebol de 2013. Casos como o de Dedé, que ainda sonha com uma vaga na Copa, e do paraguaio Samúdio, que já fala em fazer história na Toca. "O que posso oferecer ao Cruzeiro é minha vontade de sempre, muito sacrifício e muita entrega. Procuro suar a camisa, deixar tudo em campo", afirmou. Sou do tipo de pessoa que quer ganhar, não gosto de perder", se descreveu ao site oficial do clube.

Estreia no domingo...

Neste domingo, na abertura da temporada, o Cruzeiro recebe a URT, no Mineirão. Pela Libertadores, o time estreia no dia 12 de fevereiro, quando enfrenta o Real Garcilaso, no Peru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário