25/07/2015


Com 14 clubes, torneio deve ser disputado de janeiro a abril;
provável presença de cariocas é exaltada pelo eixo Sul-Minas

Vinícius Dias

Após 14 anos, a Copa Sul-Minas deve retornar ao calendário brasileiro na próxima temporada. Na tarde de ontem, representantes de 11 clubes se reuniram na sede da Federação Catarinense, em Balneário Camboriú, para discutir detalhes. A expectativa é de que a competição, que deve abrigar Flamengo e Fluminense em seu novo formato, aconteça de janeiro e abril, de forma paralela aos estaduais. Curiosamente, as discussões ganharam força após a série de divergências entre clubes e federações durante os estaduais deste ano.


No encontro dessa sexta-feira, os dirigentes iniciaram a discussão sobre regulamento e aspectos comerciais. "As propriedades (incluem direitos de transmissão, publicidade estática, ativações) serão vendidas em bloco. Já estamos trabalhando a precificação e, na sequência, vamos passar para a negociação com as empresas", destacou ao Blog o diretor comercial do Cruzeiro, Róbson Pires, que representou o clube em Santa Catarina. "Já existem interessados", acrescentou.

Encontro, ontem, em Santa Catarina
(Créditos: Marcelo de Negreiros/FCF)

Daqui a 15 dias, os clubes voltam a se reunir na Arena Grêmio, em Porto Alegre. O tricolor gaúcho é, justamente, um dos principais entusiastas da retomada da Copa Sul-Minas. "O Grêmio vê com bons olhos e fará todo o empenho para ver se isso efetivamente acontece", destacou o presidente Romildo Bolzan à reportagem. O mandatário ainda pontuou a expectativa para o próximo encontro. "Vamos avançar e já começar a formatar tudo (sobre a competição)", disse.

Detalhes da competição

O torneio deve reunir 14 clubes, de cinco estados - incluindo Flamengo e Fluminense, que buscam aval da CBF -, e terá pelo menos 15 datas, com final em jogo único, em local previamente definido. Durante a competição, será adotado o conceito de match-day, com eventos paralelos aos jogos. Do ponto de vista comercial, a participação da dupla carioca é vista como fundamental. "Aumenta o apelo, tanto de TV, quanto de público", avaliou um participante da reunião de ontem.

Sorín foi herói no título celeste em 2002
(Créditos: Site Oficial do Cruzeiro/Arquivo)

Criada em 2000, a Copa Sul-Minas foi disputada até 2002, a princípio. O Cruzeiro, que conquistou o primeiro lugar nas duas últimas edições, é o maior vencedor. O primeiro campeão do torneio foi o América/MG. Atlético/PR, Coritiba e Cruzeiro têm um vice cada.

Um comentário:

  1. Ótima idéia.. os reservas e revelações dos times podem ir disputando os estaduais para irem pegando experiência e ritmo de jogo... a Sul Minas é um campeonato bem mais dificil que prepararia melhor os times para Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil... além de voltar mais um mata mata que tantos aí gostam..

    ResponderExcluir