04/04/2017


Provável substituto de Fred contra a Caldense, camisa 13 atleticano
foi titular apenas uma vez, mas já soma três gols e três assistências

Vinícius Dias

A expulsão no clássico com o Cruzeiro, no último sábado, transformou Fred em desfalque para o jogo contra a Caldense, em Poços de Caldas, pela 11ª rodada do estadual. O mais cotado para substituí-lo no comando de ataque é Rafael Moura. Apesar da ausência do artilheiro, no que depender das estatísticas, o torcedor atleticano não tem motivos para se preocupar com o rendimento do setor no próximo domingo. De volta após empréstimo ao Figueirense, He-Man vive grande fase na Cidade do Galo.


Embora tenha sido titular apenas uma vez nesta temporada, o atacante tem precisado de poucos minutos para contribuir com o time de Roger Machado. Somadas as dez partidas em que saiu do banco de reservas, Rafael Moura vestiu a camisa alvinegra por 318 minutos em 2017. Com três gols marcados e três assistências, a média é de uma participação direta em gol a cada 53 minutos em campo. Considerando apenas o estadual, os números são ainda melhores: uma participação a cada 30 minutos.

Rafael Moura: assistência no clássico
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Um dos destaques do jogo-treino contra o Betinense, nessa segunda-feira, o camisa 13 exaltou a chance de atuar no domingo. "É bom para quem não tem sequência de jogos poder fazer uma semana treinando como jogador principal e ter a chance de jogar um jogo. É bom para dar sequência a todos, Marlone, Adilson, Erazo, que está retornando. Para nós todos, poder jogar esses 90 minutos vai ser muito importante para a sequência, porque outras partidas virão pela frente e o time vai precisar de todos nós".

Rafael Moura - números em 2017:

Período em campo: 11 partidas / 318 minutos
Campeonato Mineiro: 182 minutos / 3 gols / 3 assistências
Copa da Primeira Liga: 125 minutos / 0 gol / 0 assistência
Copa Libertadores: 11 minutos / 0 gol / 0 assistência

Nenhum comentário:

Postar um comentário