29/10/2019

15 datas: Mineiro deve retomar formato de 2017

Vinícius Dias

A menos que haja uma improvável reviravolta nos bastidores, a proposta da TV de disputa em dois turnos, a exemplo do Carioca, não sairá do papel no estadual de Minas Gerais. Conforme o Blog Toque Di Letra apurou, a tendência é de o arbitral desta terça-feira defina a retomada do formato adotado entre as temporadas de 2011 e 2017.


Representantes dos clubes do interior se reuniram nessa segunda-feira na tentativa de articular uma alternativa conjunta, mas não houve consenso. Com isso, após duas edições com quartas de final e oito equipes nos mata-matas, o Mineiro voltará a ter apenas os quatro primeiros avançando à fase final, o que significará a redução de 16 para 15 datas.

Cruzeiro foi bi no formato de 2018 e 2019
(Créditos: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.)

Uma das possibilidades discutidas foi o rebaixamento de apenas uma equipe em 2020. Neste cenário, a edição seguinte teria 13 participantes, com 12 partidas por clube e mandos igualitários na primeira fase. Atualmente, com 11, metade joga seis em casa e a outra metade joga seis fora. O rateio das cotas de TV, já negociadas até 2021, no entanto, foi entrave.

Voto decisivo do Boa Esporte

Em meio às divergências, a sinalização é de que o Boa Esporte, que tem voto 9 no sistema de pesos adotado no arbitral, acompanhará Cruzeiro, Atlético e América pela retomada do formato. Sem o clube de Varginha, o bloco do interior ficaria isolado, alcançando no máximo 36 votos, enquanto o quarteto somará 42, suficientes para a aprovação da mudança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário