12/12/2016


Com bom trânsito, mineiros e pernambucanos fecharam diversos
negócios em 2016; intercâmbio deve ser mantido no próximo ano

Vinícius Dias

Devido à boa relação entre as diretorias, Santa Cruz e Cruzeiro fecharam várias negociações nesta temporada. O volante Uillian Correia e o meia-atacante Matías Pisano, emprestados pelos mineiros aos tricolores, foram personagens de duas delas. Encerrado o Campeonato Brasileiro, a dupla dificilmente continuará em Recife. O clube nordestino, porém, vê caminho aberto para que o intercâmbio prossiga em 2017.


"Os contratos acabam agora. O Santa Cruz vai enfrentar outra realidade (com o rebaixamento) em 2017", detalha o diretor de futebol Jomar Rocha ao Blog Toque Di Letra. Matías Pisano tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2018, enquanto Uillian Correia assinou até agosto de 2019. Ambos, a princípio, têm futuro indefinido e precisarão se reapresentar na Toca da Raposa II em janeiro.

Pisano e Uillian Correia no tricolor
(Créditos: Jéssica Santana/Santa Cruz)

Nos bastidores, a informação é de que, após a formatação do elenco para 2017, a Raposa deve apresentar alternativas e ceder até dois atletas por empréstimo ao tricolor. Sem dar detalhes, Jomar confirma a expectativa. "Provavelmente, tem algum jogador que vai interessar para a gente. Nós vamos aguardar o que o Cruzeiro disponibilizará". A avaliação dos nomes caberá ao novo técnico tricolor, ainda não definido.

Cruzeiro deve comprar Raniel

Emprestado até maio de 2017, Raniel foi um dos destaques do sub-20 do clube celeste nesta temporada. De acordo com o site CoralNET, 60% dos direitos econômicos do meia-atacante estão avaliados em US$ 1,2 milhão. Embora não confirme valores, a cúpula do Santa Cruz crê em venda. "Eles têm a preferência. Raniel é um jogador muito bom. Provavelmente, vão efetuar essa transferência", avalia o diretor.

Um comentário: