14/02/2013


De volta à Libertadores, equipe alvinegra conta com duas
assistências do Gaúcho para superar o São Paulo no Horto

Vinícius Dias

Após treze anos, o Atlético voltou a disputar a Copa Libertadores nesta quarta. E a noite, que marcou a reestreia do atacante Diego Tardelli, foi do craque Ronaldinho Gaúcho frente ao São Paulo. Saíram de seus pés as assistências para os gols marcados por Jô, aos 12' da primeira etapa, e Réver, aos 27' do segundo tempo. A oito minutos do fim, Aloísio anotou para o tricolor. Insuficiente, porém, para impedir a 12ª vitoria atleticana em sua 34ª partida pelo torneio sul-americano. Com o resultado, o clube lidera o Grupo 3.

Objetivo, o técnico Cuca se mostrou satisfeito com o resultado obtido e com a manutenção da 'invencibilidade' no Independência. "O importante nessa competição é vencer", disse. "A Libertadores é assim. Jogo tenso. Mas, o importante é você vencer. Nós conseguimos o primeiro dos seis passos que temos que dar nesta primeira fase", frisou o comandante do alvinegro.

R10: o nome do Galo na noite de 4ª
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Uma das principais referências do grupo, o jovem meia-atacante Bernard exaltou a disposição atleticana. "Quero parabenizar o time pela entrega, pela vitória. Um campeonato difícil, cada jogo é uma final. Conseguimos essa vitória pela entrega de todos, um correndo pelo outro", ressaltou. "Temos que destacar a torcida, que nos apoiou durante os 90 minutos", acrescentou o capitão Réver.

A vez do estadual...

Na terça-feira, dia 26, o clube alvinegro, volta a campo para enfrentar o Arsenal de Sarandí, em Buenos Aires, em confronto válido pela segunda rodada do Grupo 3. Antes, o Galo receberá o Araxá, neste domingo, pela segunda rodada do estadual Mineiro. Com três pontos somados, ocupa a quarta posição.

Um comentário: