09/02/2018

Público do Mineiro cresce quase 70% em 2018

Vinícius Dias

O Campeonato Mineiro reuniu 235.965 torcedores nas arquibancadas nas cinco primeiras rodadas, com média de 7.866 por partida. Os números, conforme levantamento realizado pelo Blog Toque Di Letra a partir dos borderôs, apontam um crescimento de público de 65,7% na comparação com a temporada passada. Em 2017, 142.405 pessoas foram aos estádios no período, com média de 4.747 por jogo.


Dono do recorde do futebol brasileiro neste ano - 50.794 presentes no clássico contra o América, no último domingo -, o Cruzeiro é o destaque. O time comandado por Mano Menezes levou 118.520 torcedores ao Mineirão até aqui, com média de 39.507 por duelo, contra 9.223 da edição passada: aumento de 328,4%. O rival Atlético tem o segundo maior público médio do estadual: 20.225 pessoas, 13,4% a mais do que em 2017.

Com recorde, Cruzeiro puxa crescimento
(Créditos: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

O América, por sua vez, aparece na vice-liderança quando o assunto é crescimento de público: 167,2%, alcançando média de 3.297, contra 1.234 da última temporada. Entre os representantes do interior, quatro apresentaram evolução nas arquibancadas: Caldense, Tombense, URT e Uberlândia. As exceções entre os remanescentes do módulo I de 2017 são Democrata de Governador Valadares, Tupi e Villa Nova.

Média de público no Mineiro - 2018 x 2017:

Cruzeiro: 39.507 x 9.223 presentes / aumento de 328,4%
Atlético: 20.225 x 17.831 presentes / aumento de 13,4%
Uberlândia: 6.129 x 4.523 presentes / aumento de 35,5%
Tombense: 5.450 x 2.839 presentes / aumento de 92%
Democrata: 3.686 x 4.324 presentes / queda de 14,8%
América: 3.297 x 1.234 presentes / aumento de 167,2%
URT: 3.043 x 1.935 presentes / aumento de 57,3%
Caldense: 2.519 x 1.231 presentes / aumento de 104,6%
Patrocinense*: 2.227 presentes
Boa Esporte*: 1.962 presentes
Villa Nova: 1.750 x 4.049 presentes / queda de 56,8%
Tupi: 814 x 2.655 presentes / queda de 69,3%

*Clubes que disputaram o módulo II em 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário