22/01/2015


Transações de Ricardo Goulart e De Arrascaeta, concluídas
na semana passada, movimentaram cerca de R$ 60 milhões

Vinícius Dias

Já era madrugada de terça-feira, dia 13 de janeiro, quando o Guangzhou Evergrande assegurou a contratação do meia-atacante Ricardo Goulart. Destaque celeste na temporada passada, Goulart acertou com a equipe chinesa por € 15 milhões, cerca de R$ 46,5 milhões pela cotação atual. Cinco dias se passaram até o Cruzeiro anunciar seu substituto: o meia uruguaio De Arrascaeta, contratado por € 4 milhões, cerca de R$ 12,3 milhões. Por motivos diferentes, as duas transações milionárias entraram para a história do clube.


A saída de Ricardo Goulart representou a maior venda já acertada pelo clube. A soma de R$ 46,5 milhões superou os valores movimentados na venda do meia-atacante Geovanni ao Barcelona, em 2001. O top 5 ainda tem as vendas do atacante Fred para o Lyon, da França, em 2005; do boliviano Marcelo Moreno para o ucraniano Shakhtar Donetsk, em 2008; e de Fábio Júnior para a Roma, em 1999.

De Arrascaeta: reforço de R$ 12 milhões
(Créditos: GiorgiandeA/Twitter/Divulgação)

A aquisição de Arrascaeta, por outro lado, significou o segundo maior investimento da história da Raposa. O zagueiro Dedé, contratado junto ao Vasco em 2013, segue como primeiro da lista. Willian, que pertencia ao Metalist, da Ucrânia, e foi contratado em definitivo no ano passado, figura em terceiro. O lateral-esquerdo argentino Sorín, anunciado com status de craque em 2000, é o quarto mais caro. O zagueiro Manoel, que veio do Atlético/PR, completa o top 5.

Maiores vendas da história:

Ricardo Goulart - R$ 46,5 milhões (2015)
Geovanni - R$ 44 milhões (2001)
Fred - R$ 38 milhões (2005)
Marcelo Moreno - R$ 23,5 milhões (2008)
Fábio Júnior - R$ 18,5 milhões (1999)

Maiores compras da história:

Dedé - R$ 14 milhões (2013)
De Arrascaeta - R$ 12,3 milhões (2015)
Willian - R$ 10,5 milhões (2014)
Juan Pablo Sorín - R$ 9,4 milhões (2000)
Manoel - R$ 7,5 milhões (2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário