01/09/2016


Aos 29 anos, ex-cruzeirense vive boa fase na China; atacante
é um dos grandes nomes da história de La Verde, com 14 gols

Vinícius Dias

Em alta no futebol chinês, o atacante Marcelo Moreno voltará a defender a seleção boliviana depois de quase um ano. Vice-lanterna das Eliminatórias sul-americanas, La Verde entra em campo na tarde desta quinta-feira, em La Paz, ante o Peru. O mau desempenho no torneio, com três pontos em seis partidas, culminou há dois meses na queda do treinador Julio César Baldivieso, desafeto do ex-cruzeirense.

Marcelo Moreno: 14 gols pela seleção
(Créditos: Federación Boliviana/Reprodução)

Marcelo Moreno não era convocado desde o amistoso contra a Argentina, no dia 04 de setembro de 2015. "Agora é um novo momento. Tive uma conversa muito sadia com o novo treinador, e estamos otimistas", relata, citando o argentino Ángel Hoyos. Aos 29 anos, o centroavante é um dos maiores artilheiros da história da seleção local, com 14 gols em 54 jogos. Pelo Changchun Yatai, ele já balançou as redes em dez oportunidades na atual edição da Superliga Chinesa.

Histórico no Cruzeiro

Com 45 gols marcados em 93 partidas no decorrer de duas passagens, o boliviano se consagrou como estrangeiro com mais tentos assinalados na história do clube celeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário