31/12/2013

Mercado alvinegro

Vinícius Dias

Depois de confirmar a saída de Cuca, Alexandre Kalil agiu rápido e, ainda em Marrocos, oficializou seu substituto. Paulo Autuori estará à frente do Atlético, que, sonhando com o bi da Libertadores, inicia o ano discutindo renovações. Dos laterais Júnior César e Richarlyson, do zagueiro Gilberto Silva e do meia Ronaldinho Gaúcho, que terão vínculos encerrados nesta terça-feira, 31. À imprensa, o camisa 10 sinalizou estar satisfeito com o projeto atleticano.

Por ora, nenhuma novidade no grupo principal, que se reapresenta no dia 20 de janeiro. Nos bastidores, a zaga e o meio-campo devem ser os dois primeiros setores a receber reforços. Entre os 12 jogadores que voltam de empréstimo, a tendência é de que apenas o volante Felipe Souto e o atacante André, que disputaram o último Brasileiro pelo Vasco, recebam novas chances.

Moisés, Alecsandro e R10: pauta do Galo
(Montagem: Editoria de Arte/Toque Di Letra)

Mesmo na reserva, Alecsandro permanece em alta no mercado. Segundo apurou o Blog Toque Di Letra, o atacante segue na mira de Flamengo e Botafogo para a disputa da Libertadores. "Ninguém nos procurou", contou seu empresário, Oldegard Filho. "Mas, se aparecer uma situação boa, ele pode analisar", pontuou. A condição no Atlético, porém, não incomoda o centroavante. "Ele está na reserva do atual titular da seleção brasileira", destacou Oldegard.

Sonho próximo

Sonho antigo da cúpula alvinegra, o volante Moisés pode, enfim, acertar com o Galo. "No meio do ano, a Portuguesa não quis negociar. Mas ficou conversado que, ao fim do ano, voltaríamos a conversar", disse, ao Blog Toque Di Letra, Fred Faria, empresário do atleta. Outro interessado é o Shandong, clube chinês, dirigido por Cuca. A favor do alvinegro, pesa a família. "Ele tem muito interesse. Ainda mais, pelo fato de que a família é daqui", revelou Fred.

Nenhum comentário:

Postar um comentário