12/04/2018

As interrogações do Atlético em nova derrota

Vinícius Dias

Volta a campo após a derrota no clássico que custou o título mineiro, com direito a polêmicas extracampo e críticas à arbitragem. Estreia na Copa Sul-Americana diante de um San Lorenzo praticamente reserva e priorizando o Campeonato Argentino. Mas o Atlético retorna da Argentina com mais interrogações do que tinha quando deixou o Brasil. Também pela derrota por 1 a 0, mas principalmente pela pela péssima atuação coletiva, inferior ao resultado. Erros de mais e ideias de menos em campo.


O jogo começou com o Atlético se defendendo bem, mas tendo dificuldades na saída de bola, pressionada pelos donos da casa. Transição lenta e minada pelos passes errados, deixando o San Lorenzo confortável. O time argentino abriu o placar aos 38': jogada da esquerda para a direita, com Castro finalizando, bola desviando em Blandi e sobrando para Gudiño, em posição duvidosa, vencer Victor no rebote. O alvinegro teve sua melhor chance três minutos depois, com Cazares de fora da área.

No ritmo do time, Otero decepcionou
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Na etapa final, o Atlético chegou logo aos dois minutos: passe de Elias para rara infiltração de Otero, que finalizou mal. Aos 4', o San Lorenzo perdeu chance clara. Jogada iniciada por Gudiño, o melhor em campo, cruzamento de Botta para Castro, que ajeitou e viu Blandi errar o domínio de frente para o gol. Na sequência, o jogo ganhou ficou em lento. Sem intensidade e confiança, o time de Thiago Larghi tinha a posse, mas se limitava a finalizar de longe. Os argentinos, em vantagem, pouco arriscavam.

Em quatro dias, segunda derrota de um Atlético cabisbaixo.
O time alvinegro volta vivo, mas com muitas interrogações.

6 comentários:

  1. time sem compromisso de jogo, atletas que nunca poderiam vestir a camisa alvinegra, sem garra, vergonha na cara, andando em campo e sem preocupacao com o nome do Clube Atltico Mineiro. Mantenham o Vitor e o resto dispensem nao vao a nenhum lugar mais.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade concordo fica vitor e fabio santos e adillson e elias e Ricardo oliveira . casares e otero são bons Reservas . traz 2 zagueiros urgente. um camisa 10 de verdade. um lateral direito pro lugar do marcos Rocha. e esse galo e fraco viu saudades do mito maluf . e do kaliu

      Excluir
  2. O Atletico está no caminho certo.

    Mandou os boleiros embora. Só falta trabalhar a base.
    Este é o caminho.

    ResponderExcluir
  3. O Drama vai começar no domingo.É preciso dispensar a turma do come e dorme.

    ResponderExcluir
  4. Os "reforços" que a Diretoria do Atlético têm trazido não agregaram em praticamente nada de qualidade a um elenco já limitado. Os resultado e desempenho em campo do time falam por si. Não vejo chances desses jogadores contratados melhorarem a qualidade do plantel. Então por que não realizar uma faxina e apostar na base. Se o resultado não vier pelo menos não se jogou dinheiro fora com quem certamente não irá resolver.

    ResponderExcluir