20/04/2018

Cruzeiro FA: o que esperar depois da goleada?

Alexandre Oliveira*

O Cruzeiro Imperadores começou o Campeonato Mineiro de Futebol Americano com uma big play daquelas. O time celeste venceu o Pouso Alegre Gladiadores por 81 a 0, sem dar chances ao adversário. Se fôssemos traduzir o placar para o futebol, poderíamos considerar um 12 a 0. Recém-chegado, o kicker Amilcar Neto, mais conhecido como Ozil, vê o Cruzeiro como um dos favoritos aos principais títulos. "Com toda a estrutura que está sendo montada, com o projeto, a dedicação e entrosamento que vem treino após treino, temos chances reais de taça", destaca ao Blog Toque Di Letra.


Fundado no início de 2017, os Imperadores já levaram a Conferência Sudeste da Liga Nacional no ano passado, garantindo vaga na BFA em 2018. A equipe azul quer se manter no topo e, para isso, conta com comissão técnica e plantel experientes no esporte americano. Além do técnico Joe Daniels, que treinou times universitários nos Estados Unidos, a diretoria celeste trouxe reforços de peso como Lenin Albuquerque, offensive linebacker (OLB) da seleção brasileira e ex-João Pessoa Espectros.

Ozil converteu sete extra points na estreia
(Créditos: Dan Costa/Cruzeiro Imperadores)

"A qualidade técnica, os treinos diários, a dedicação, competência, excelência no que fazemos. Estamos muito motivados para levantar essa taça", exalta Ozil, enumerando os pontos fortes dos Imperadores. O kicker, ex-Santos Tsunami, estreou pelo Cruzeiro contra a equipe de Pouso Alegre já convertendo sete das dez tentativas de extra points.

Time em busca de entrosamento

Mesmo com o placar elástico alcançado no confronto de estreia, o defensive back (DB) Lucas Teodoro pontua que o time ainda tem a crescer em alguns aspectos. "Foi uma junção muito benéfica (entre Cruzeiro e Imperadores), mas estamos pecando um pouco pela falta de entrosamento. A gente está em busca desse entrosamento, da comunicação, saber o que o outro pensa. Isso que vai ser a chave para a gente fazer um bom campeonato e chegar com o pé direito ao BFA (Brasil Futebol Americano)".

Time celeste foi apresentado no Mineirão
(Créditos: Dan Costa/Cruzeiro Imperadores)

Para o quarterback titular Ramon Martire, da seleção brasileira, a evolução depende de o time acertar seu playbook - repertório de jogadas. "Neste momento, estamos mais focados em acertar o playbook, pegar entrosamento e implementar muita coisa nova para o ataque inteiro. Os resultados vêm naturalmente, junto com os jogos", comenta.

Focado no Campeonato Mineiro

O Cruzeiro volta a campo no dia 05 de maio, diante do Inconfidentes Futebol Americano, no Sesc Venda Nova. Perguntado sobre a expectativa para a sequência da temporada, o quarterback diz estar focado no estadual. "Agora, o nosso foco é no Mineiro. Não estamos pensando em BFA ainda. Temos um bom time aqui com todos os contratados e a boa base dos Imperadores para brigar pelo título mineiro. Para o BFA, ainda devemos ter alterações no elenco e já estaremos com um ritmo bem melhor".

*Jornalista. Fã de Futebol Americano. Siga: @alexolivertos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário