13/04/2018


Triunfo na ida foi o oitavo do Galo em 16 clássicos disputados no
Horto; no novo Mineirão, a Raposa saiu vencedora em seis dos 15

Vinícius Dias

As reinaugurações de Arena Independência e Mineirão, em abril de 2012 e fevereiro de 2013, respectivamente, deram novos ares ao principal clássico de Belo Horizonte. Se o Atlético optou por receber suas partidas no estádio do Horto, o Cruzeiro intensificou os laços com o Gigante da Pampulha. E o retrospecto dos 31 dérbis disputados desde então comprova que, em meio à quase extinção do formato de torcida dividida, o mando de campo virou um aliado de peso para alvinegros e celestes.

Raposa tem 51% em dérbis no Gigante
(Créditos: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Com a vitória que assegurou o título estadual, no último domingo, o Cruzeiro ampliou para 51,1% seu aproveitamento em clássicos no novo Mineirão. O Atlético tem 37,8%. Palco de confrontos com torcida dividida entre 1965 e 2010, o estádio teve maioria azul nas arquibancadas em 13 dos 15 desta nova era. Foram seis triunfos da Raposa, quatro do Galo e cinco empates. O gol de Thiago Neves foi o 20º do time celeste, enquanto o alvinegro balançou as redes em 16 oportunidades desde 2013.

Galo já venceu oito clássicos no Horto
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

Por outro lado, com a vitória por 3 a 1 no confronto de ida da decisão do Campeonato Mineiro, o Atlético chegou a 58,3% de aproveitamento na Arena Independência, onde o Cruzeiro tem apenas 33,3%. O estádio do Horto já foi palco de 16 dérbis desde a reinauguração, com oito triunfos do Galo, quatro da Raposa e quatro empates. Com os marcados por Ricardo Oliveira e Adilson no dia 1º de abril, o time alvinegro soma 25 gols, enquanto o rival celeste balançou as redes 17 vezes nas partidas.

Clássicos no novo Mineirão - 15 jogos:

Retrospecto: 6 vitórias do Cruzeiro, 4 do Atlético e 5 empates
Aproveitamento do Cruzeiro: 51,1% / Gols: 20
Aproveitamento do Atlético: 37,8% / Gols: 16

Clássicos na Arena Independência - 16 jogos:

Retrospecto: 8 vitórias do Atlético, 4 do Cruzeiro e 4 empates
Aproveitamento do Atlético: 58,3% / Gols: 25
Aproveitamento do Cruzeiro: 33,3% / Gols: 17

Nenhum comentário:

Postar um comentário