02/05/2013


São Paulo e Atlético fazem terceiro confronto neste ano;
Lúcio fala em nova história, e R10 prega jogo inteligente

Vinícius Dias

O Atlético inicia nesta quarta-feira, às 20h15, a caminhada em busca da classificação às quartas de final da Copa Libertadores. Dono da melhor campanha na fase de grupos, com cinco vitórias em seis partidas, o Galo enfrenta o São Paulo, algoz de sua única derrota na competição. Para o confronto no Morumbi, o time alvinegro volta a contar com os atacantes Diego Tardelli e Bernard, recuperados das lesões. O tricolor paulista, por sua vez, conta com o retorno do meia Jádson. Será o terceiro encontro nesta temporada.

VEJA MAIS: Rumo às quartas...

O que, pelo menos na visão do experiente zagueiro Lúcio, do São Paulo, não significa enredo repetido. "Cada partida é uma história. Não dá para fugir disso. O Atlético vai ser diferente. E o São Paulo vai ser diferente. Não tem como prever quem vai vencer, as chances estão em aberto. É difícil prever algum resultado. E, por isso, a nossa equipe está focada na partida", afirmou.

R10: inteligência rumo à vitória
(Créditos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Para Ronaldinho Gaúcho, do Atlético, é importante estar atento durante 180 minutos. "É um clássico. Preparação é igual para todas as partidas, mas a motivação é outra. A gente sabe que são dois jogos, ainda tem o jogo de volta. Nós temos que jogar com muita inteligência", analisou. O meia ainda exaltou o fato de o Galo ser o mandante da partida decisiva. "Brigamos muito para ter esse privilégio, e definir dentro de casa. Então, temos que aproveitar", finalizou.

Duelo de desfalques

No clube atleticano, o zagueiro Leonardo Silva, advertido com o terceiro cartão amarelo na última rodada da fase de grupos, é desfalque. Do lado são-paulino, o avante Luís Fabiano, artilheiro da equipe na Libertadores, com quatro gols, cumpre sua quarta partida de suspensão pela expulsão ante o Arsenal, em março.

A segunda (decisiva) partida está agendada para a próxima quarta-feira, dia 08, às 22h00, na Arena Independência, em Belo Horizonte. A equipe classificada no duelo, encara, na fase quartas de final, o vencedor de Palmeiras e Club Tijuana, do México, que ficaram no empate por 0 a 0 no embate de ida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário