04/05/2013


Premiados nas duas últimas temporadas, Dedé e Réver
tentam o sucesso nos gramados de BH e vaga na seleção

Vinícius Dias

Apresentado pela Raposa há mais de duas semanas, o zagueiro Dedé vai reeditar, em gramados mineiros, a 'disputa' com Réver, um dos principais nomes do rival Atlético. O celeste, contratado junto ao Vasco da Gama, figurou na seleção do Prêmio Craque do Brasileirão em 2010 e 2011, e foi eleito Craque da Galera do Brasileirão em 2011. No mesmo ano, o beque atleticano figurou entre os premiados no troféu. Situação que se repetiu na última temporada, quando a equipe foi a vice-campeã da competição nacional.

Agora, um deles deve ser o escolhido pelo técnico Felipão para a quarta vaga na seleção amarelinha. E no que depender dos internautas, o novo reforço cruzeirense sairá em vantagem. Em enquete realizada pelo Blog Toque Di Letra, Dedé foi apontado por 57,7% dos participantes como o preferido para o setor defensivo. O capitão do alvinegro, Réver, obteve 42,3% dos votos.

Para a história...

Curiosamente, as diretorias de Cruzeiro e Atlético desembolsaram valores semelhantes para contar com os defensores. Enquanto 70% dos direitos econômicos de Réver foram adquiridos, em julho de 2010, por cerca de € 4,5 milhões, a equipe da Toca da Raposa pagou € 5 milhões, para ficar com 45% de Dedé. A aquisição do ex-cruz-maltino significou o principal investimento da história estrelada, superando o então líder, o argentino Juan Pablo Sorín.

Nenhum comentário:

Postar um comentário