13/05/2018

América tem só 22% contra clubes da Série A

Vinícius Dias

De volta à Série A, o América tem números pouco animadores em confrontos contra adversários da elite neste primeiro semestre. Prestes a entrar em campo pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta segunda-feira, diante do Ceará, no Castelão, o time comandado por Enderson Moreira soma duas vitórias e sete derrotas - 22,2% de aproveitamento - em nove duelos com equipes que disputam a primeira divisão nacional.

Na quarta, Coelho perdeu para o Verdão
(Créditos: Mourão Panda/América)

Os resultados positivos foram alcançados diante de Sport - o triunfo por 3 a 0 representou a segunda melhor estreia do clube na história da Série A - e Vitória. Por outro lado, o alviverde já foi derrotado uma vez por Cruzeiro, Flamengo, Vasco e Palmeiras, algoz na última quarta-feira, em partida válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e três pelo Atlético, responsável por eliminar o Coelho do Campeonato Mineiro.

Retrospecto positivo ante Ceará

Se os números deste início de temporada mostram dificuldades contra os principais adversários, o retrospecto contra o Ceará no Campeonato Brasileiro é favorável ao América. Em oito confrontos, foram quatro vitórias alviverdes, um empate e três alvinegras, com 54,2% de aproveitamento. Em 2017, as equipes se encontraram três vezes, entre Série B e Copa da Primeira Liga, com um triunfo mineiro e dois empates.

5 comentários:

  1. Do Rafael Lima, até que seja reciclado e volte a ser o bom zagueiro que era, estamos livres. Quanto ao gol, ou o João Ricardo sai nas bolas na grande área ou próximo a elas, ou ele tem que sair imediatamente e entrar o Jori. Chega de jogar com o nome !

    ResponderExcluir
  2. Já fiz um comentário parecido aqui. Por que ele tem que voltar? "Porque era titular." Mas será justo simplesmente jogar o Jori para escanteio e simplesmente enfiar o João Ricardo lá porque ele é mais velho, era titular e tem mais experiência? O Jori tem muita personalidade e estava muito bem. Quebram o ritmo do cara, tiram e confiança e metem um goleiro sem ritmo de jogo e que tomou vários gols por falta de explosão e falta de tempo de bola? Injustiça.

    ResponderExcluir
  3. Se n cuidar Mequinha cai de novo p segundona. Como de sempre, contata monte de jogadores mediano q nada resolve. Solução seria: contratar três a quatro jogadores Sul Americanos, bons e baratos. Mais uns três bons.Pronto, resolvido.

    ResponderExcluir
  4. Acho que o técnico do América teve grande mérito na subida para a série A, mas infelizmente errou muito ao voltar com o Goleiro João Ricardo de contusão fora de ritmo de jogo, ele está comprometendo muito o time tomando gols bobos (catando borboleta) e a imprensa fica cheia de não me toque para abordar o assunto.

    ResponderExcluir