16/05/2018


Mano Menezes aproveitou apenas 30 jogadores nas 26 partidas da
temporada; seis pratas casa do elenco ainda não tiveram chances

Vinícius Dias

Da estreia contra o Tupi no Campeonato Mineiro ao duelo com o Sport, no último domingo, no Mineirão, apenas 30 jogadores tiveram oportunidades com o técnico Mano Menezes nas 26 partidas disputadas pelo Cruzeiro. Com isso, entre os 20 participantes da Série A, o clube celeste é o segundo - ao lado do Bahia - que menos rodou o elenco na temporada. Apenas o Corinthians variou as escalações menos vezes até o momento.


Em 29 apresentações, incluindo o clássico contra o Palmeiras, no último domingo, Fábio Carille acionou apenas 28 jogadores. Na contramão, tendo optado por time alternativo em boa parte do Campeonato Gaúcho, o Grêmio é quem mais utilizou atletas: 43. Ainda na capital mineira, o técnico Enderson Moreira deu chances a 31 jogadores no América, quatro a menos do que Oswaldo de Oliveira e Thiago Larghi no Atlético.

Raposa usou 30 atletas na temporada
(Créditos: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.)

No Cruzeiro, um dos efeitos da baixa rotatividade foi a redução do espaço da base. Entre os 30 aproveitados até o momento, apenas sete foram revelados pelo clube - dois deles, o volante Nonoca e o atacante Judivan, emprestados a Sport e América, respectivamente, já deixaram o elenco. O número é inferior ao de atletas com passagem pela Toca I relacionados para a decisão da Copa do Brasil de 2017, por exemplo: nove.

Na temporada passada, 16 dos 41 jogadores acionados por Mano Menezes eram pratas da casa: 39% do total, contra os atuais 23,3%. No momento, o time tem apenas um como titular: o volante Lucas Silva. Por outro lado, das dez revelações que seguem no elenco, seis ainda não tiveram oportunidades neste ano: os goleiros Lucas França e Victor Eudes, os zagueiros Arthur e Cacá, o lateral-direito Vitinho e o esquerdo Victor Luiz.

Utilizados na temporada - clubes da Série A:

Grêmio - 43 jogadores
Atlético/PR e Paraná - 41 jogadores
Flamengo - 40 jogadores
Ceará - 39 jogadores
Sport e Vitória - 38 jogadores
Chapecoense, Fluminense e São Paulo - 37 jogadores
Vasco - 36 jogadores
Atlético/MG - 35 jogadores
Internacional e Santos - 34 jogadores
América, Botafogo e Palmeiras - 31 jogadores
Bahia e Cruzeiro - 30 jogadores
Corinthians - 28 jogadores

Um comentário:

  1. kkkk... tem três antes dele, mas ele é o segundo... cérebro lusitano... kkkk

    ResponderExcluir