28/03/2018

Alvo do Paraná, Carlos deve ficar no Atlético

Vinícius Dias

Embora venha sendo pouco aproveitado pelo treinador Thiago Larghi, o atacante Carlos não deve deixar a Cidade do Galo. Pelo menos foi essa a sinalização recebida nos últimos dias pelo Paraná. O presidente do tricolor paranaense, Leonardo Oliveira, revelou ao Blog Toque Di Letra que o nome do camisa 13 do Atlético chegou a entrar na pauta do clube, mas a transferência dificilmente será concretizada.

Carlos foi titular contra o Boa Esporte
(Créditos: Bruno Cantini/Flickr/Atlético-MG)

"Ele nos foi oferecido pelo empresário, nós demonstramos interesse, e ele ficou de verificar a situação. Nem chegamos a ligar para o Galo, o empresário já nos deu o retorno de que ele não sairia, que o Galo teria interesse na permanência", detalhou. Entre estadual e Copa do Brasil, Carlos participou de quatro dos 18 jogos do Atlético, sendo titular apenas em duas partidas em que Oswaldo de Oliveira escalou time alternativo.

Pupilo do técnico Rogério Micale

O atacante, de 22 anos, retornou à Cidade do Galo no início desta temporada depois de defender o Internacional, por empréstimo, no ano passado. Carlos, que tem contrato com o clube alvinegro até setembro de 2019, se destacou nas categorias de base sob o comando de Rogério Micale, atualmente no Paraná. A reportagem não conseguiu contato com a diretoria do Atlético nem com o empresário do camisa 13, Hugo Garcia.

Um comentário:

  1. Deixa o Carlos ir, temos o Marco Tulio ai, o Bruno Rodrigo, o Pastor, Carlos ja provou por A mais B que desse mato não sai coelho.

    ResponderExcluir