20/03/2018

Galo, Cruzeiro, América: rivalidade chega ao FA

Alexandre Oliveira*

Os três grandes clubes da capital mineira travam uma rivalidade histórica no futebol. A partir de agora, América, Atlético e Cruzeiro também se enfrentarão em uma intensa batalha por jardas, na qual o objetivo não é mais fazer gols, e sim marcar touchdowns. Novidades que trazem novidade: pelo menos uma vez por mês, nos encontraremos neste espaço. 100% FA.


Atlético e Cruzeiro apresentaram nos últimos dias as suas novas equipes de futebol americano. No ano passado, o clube celeste firmou uma parceria com o BH Eagles - antigo Get Eagles - e conquistou o campeonato brasileiro da modalidade de forma invicta. Porém, a diretoria cruzeirense optou por não estender o vínculo com a equipe para 2018.

Equipe alvinegra estreou com vitória
(Créditos: Pedro Souza/Flickr/Atlético-MG)

Com isso, o BH Eagles se juntou em uma nova parceria, desta vez com o Atlético, surgindo assim o Galo Futebol Americano. Uma união que foi gerenciada pelo ex-diretor de Administração e Controle do clube, Bebeto de Freitas, que faleceu logo após a apresentação da equipe.

'Projeto ainda maior' no Atlético

Após essa reviravolta no FA mineiro, certamente as provocações entre Atlético e Cruzeiro seriam inevitáveis. Wesley Oliveira, presidente do Galo Futebol Americano, cutucou o rival na coletiva na Cidade do Galo. "Sair de um projeto grande e entrar em um maior ainda é fantástico. Não vemos problema nenhum. Vamos com o escudo do Atlético no peito, fazer o melhor de nós e tentar ganhar tudo, como no ano passado", prometeu.

Time celeste foi apresentado no sábado
(Créditos: Site Oficial do Cruzeiro/Divulgação)

O Cruzeiro não ficou para trás e apresentou no último sábado, antes da partida contra o Patrocinense, sua nova equipe de futebol americano. Assim nasceu o chamado Cruzeiro Imperadores, que, apesar de ser um time de Juiz de Fora, mandará suas partidas em Belo Horizonte.

Sonhando com o título mineiro e brasileiro da modalidade, a diretoria do Cruzeiro Imperadores já se mexe para anunciar reforços para a temporada. Uma das contratações confirmadas é a do estadunidendes Joe Daniels como treinador principal (headcoach). Experiente e com passagem pela NCAA - campeonato universitário de futebol americano dos EUA -, o técnico é um dos trunfos do Cruzeiro para alcançar seus objetivos neste ano.

América se une a equipe pioneira

No fim de 2017, o Coelho anunciou a parceria com o Minas Locomotiva, dando início ao América Locomotiva. Na oportunidade, o presidente do Coelho, Alencar da Silveira Júnior, não deixou de dar aquela provocada nos rivais da capital. "O América é a equipe de todos os mineiros. Nós vamos mostrar que, dentro de campo, somos os melhores e temos que vencer". Fundado por um grupo de amigos em 2005, o Locomotiva é o time mais antigo de FA em Minas Gerais e tenta voltar a ser o principal.

Coelho: parceria com o Locomotiva
(Créditos: Mourão Panda/América)

Novos times, novas parcerias, esquentando uma rivalidade antiga. Agora, o torcedor mineiro tem motivos de sobra para acompanhar o futebol americano. O esporte dá um passo fantástico em 2018. Emoção, disputa e touchdowns não vão faltar nos clássicos que vêm pela frente.

*Jornalista. Fã de Futebol Americano. Siga: @alexolivertos.

4 comentários:

  1. Legal cara. E o público comeca acter mais opções para acompanhar este esporte. Valeu Alex

    ResponderExcluir
  2. Vamos fazer história aqui em Minas, belo texto Alexandre!!

    ResponderExcluir
  3. A rivalidade é útil pra impulsionar o esporte. Aumentará o interesse! Acredita, América!!!!

    ResponderExcluir
  4. Faltou apenas dizer que o America ao associar-se com o Locomotiva, já nasce tricampeão mineiro

    ResponderExcluir