29/03/2016


Ex-ponta do Atlético e filho de Telê Santana devem participar
de revezamento; percurso terá 6 km e passará por oito bairros

Vinícius Dias

Terra natal do ex-treinador Telê Santana, Itabirito vai receber a tocha dos Jogos Rio 2016 daqui a 45 dias. Em clima olímpico desde o carnaval, cuja decoração de rua neste ano foi inspirada nas cores e símbolos do evento esportivo, a cidade já se prepara para o dia histórico. "Estar entre as 300 cidades escolhidas é uma conquista fantástica e que valoriza o tanto que Itabirito vem fomentando o esporte", comemora o secretário municipal de Esportes, Alessandro Massaini.


De acordo com o cronograma oficial, Itabirito será a 25ª cidade de Minas Gerais a sediar o revezamento da tocha olímpica - ao longo de dez dias, serão 35 destinos no estado, do Triângulo à Zona da Mata. O evento em Itabirito está agendado para a tarde do dia 13 de maio. Antes, a chama passará pela vizinha Ouro Preto, que ostentou o título de capital mineira entre os séculos XVIII e XIX.

Percurso da tocha olímpica em Itabirito
(Arte: Google Maps/Reprodução)

O trajeto pelas vias itabiritenses terá cerca de seis quilômetros, passando por oito bairros. O percurso terá início em frente ao alto-forno, no bairro Esperança, chegando ao Terminal Rodoviário. O revezamento vai envolver 30 condutores, que percorrerão 200 metros com a tocha cada. Entre os prováveis nomes, conforme o Blog Toque Di Letra apurou, estão Renê Santana, filho de Telê Santana, e Silvestre Martins, ex-ponta de Atlético e Esporte Clube Siderúrgica.

Nos passos do mestre Telê

Curiosamente, o traçado contemplará três pontos marcantes da infância e da adolescência de Telê, com destaque para a casa na qual o ex-técnico viveu ao lado dos tios Maria e Eurico Silva, na avenida principal. A chama olímpica também passará em frente à sede náutica do Itabirense Esporte Clube, paixão da família de Santana em Itabirito, e ao estádio Dr. Alberto Woods Soares, do União Sport, clube que o 'Fio de Esperança' defendeu quando tinha 16 anos.

Silvestre: provável condutor da tocha
(Créditos: Arquivo Pessoal/Silvestre Martins)

Ao longo do trecho de seis quilômetros, haverá duas breves pausas no revezamento. Inicialmente, no Jardim São Cristóvão, onde está prevista a instalação de um monumento em alusão à data. A segunda, no Complexo Turístico da Estação, na região central da cidade, que será palco de uma cerimônia oficial.

Downhill no vídeo oficial

A cidade mineira também será cenário da gravação de trechos de um dos vídeos oficiais desta edição das Olimpíadas. A pista de downhill do Alto do Cristo foi o local definido pelos organizadores. As imagens vão registrar a performance de um ciclista itabiritense no percurso. "O visual da pista do Alto do Cristo é maravilhoso", destaca o secretário municipal de Esportes, Alessandro Massaini.

Downhill no Alto do Cristo de Itabirito
(Créditos: Prefeitura de Itabirito/Divulgação)

O ciclismo é, atualmente, um dos destaques do calendário esportivo local. No ano passado, por exemplo, Itabirito recebeu da Federação Mineira de Ciclismo o selo de 'Capital Mineira do Ciclismo' e foi sede de 12 provas de várias modalidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário